segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Indiferença ou Insensatez?

Insensatez: pessoa com falta de senso, falta de raciocínio. Em outras palavras, pessoa que não se toca que está sendo ridícula e faz coisas sem pensar, sem calcular o que pode causar.
Indiferença: Desinteresse em face por alguém ou algo; apatia, insensibilidade. Em outras palavras, pessoa que destrata a outra, finge que ela não existe e se faz de bobo, e continua sendo ridícula.



Gente, nos tempos de hoje, não dá pra ser indiferente ou insensato. As coisas são tão claras às nossas vistas, as pessoas tão reais, os acontecimentos tão intensos... Pra quê perder tempo destratando os outros, fingindo que a pessoa não existe, vivendo num mundinho singular enquanto poderia estar trocando experiências com aquela pessoa, amando a pessoa, estendendo a mão, incluindo a pessoa no meio em que você vive? É muito fácil fechar os olhos pra não ver a verdade, é muito mais fácil excluir e dizer que foi sem querer, sem intenção, do que ser homem / mulher suficiente de dizer: "Eu errei mesmo, te esnobei sim. Porque? Porque eu sou uma pessoa vazia, boba, sem conteúdo." Hoje ninguém quer assumir seus atos, se escondem nas sombras do engano que vive.
Vamos amar as pessoas, incluí-las ao nosso mundo e dar uma oportunidade à nós mesmos. Quando alguém aparece (ou reaparece) em nossas vidas, nem sempre somos nós que temos que ajudá-las porque estão caindo; muitas vezes elas estão voltando em missão de nos trazer algo novo, especial, para agregarmos à nossa vida e sermos pessoas melhores! 
O mundo não gira em torno de você.
E o que você é? O resumo final dos dois significados (ridículo/a).

Um dia a vida cobra e a gente tem que crescer, e só assim você estará quase, pronto pra tudo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário